Bolsas de Mestrado na Europa – Área da Saúde



     

Confira as oportunidades para estudar na Europa e saiba como realizar a sua candidatura para as vagas de mestrado.

O programa EUROPUBHEALTH+ abriu as inscrições para quem quer fazer mestrado na Europa, desde que dentro da área de saúde pública. O programa é promovido pela Comissão Europeia e disponibiliza 15 bolsas chamadas de excelência. Você pode se inscrever até o dia 11 de janeiro!

Esse programa de estudos segue um modelo dos outros mestrados chamados Erasmus, onde os cursos podem ser realizados em 5 países do continente europeu, sendo aplicados em até 3 idiomas. A duração do mestrado é de 2 anos e tem foco total no setor da saúde pública.

O estudante selecionado para essa oportunidade tem direito de estudar em pelo menos 2 das 6 unidades de universidades que trabalham em parceria com o programa.

O primeiro ano do curso pode ser realizado em duas universidades: Sheffield, localizada no Reino Unido ou a Andalusiana, localizada em Granada, na Espanha. Enquanto isso, o segundo ano fica a critério do estudante. As seguintes localidades das universidades podem ser escolhidas: França, Espanha, Países Baixos ou Polônia. A lista completa dos cursos oferecidos em cada instituição de ensino pode ser encontrada neste link: www.europubhealth.org/programme-description/programme-structure.

Entre os anos letivos 2018 e 2020, podemos encontrar bolsas de excelência no valor de até R$ 47 mil euros dentro do período de 2 anos. Os melhores alunos da América Latina ainda possuem o benefício de receber bolsas adicionais.

Como realizar a inscrição

Para se inscrever nas bolsas de mestrado em saúde pública na Europa, é preciso que o candidato comprove proficiência no idioma inglês. Além disso, o candidato também precisa comprovar sapiência em espanhol ou francês. Os cursos válidos para o mestrado são os superiores que cedam diplomas de graduação nas áreas de engenharia, ciência sociais, ciências médicas ou de saúde.

A candidatura das bolsas bem como à do programa são feitas num único cadastro, ou seja, uma vez que você faz o cadastro não é preciso se candidatar especificamente para a bolsa de mestrado, pois a inscrição no programa já te inclui na candidatura às bolsas, portanto não existe necessidade de enviar documentos de caráter complementar.





Acerca do programa Erasmus

Criado e iniciado em 2004, o programa Erasmus+ funciona como uma cooperação internacional, sendo financiado pela Comissão Europeia. Esse programa permite a mobilidade dos alunos que tenham nível superior.

Com as bolsas de estudos cedidas pelo programa, pesquisadores e alunos de todo o mundo tem a oportunidade de realizar um intercâmbio, aperfeiçoando a própria área e mantendo sua formação atualizada. Essa troca entre culturas também proporciona que o currículo do aluno seja apadrinhado pelas melhores instituições mundiais.

O aluno de ensino superior pode ainda optar por terminar sua formação ao redor do mundo, fato que confere uma especialização muito reconhecida no mercado de trabalho. Para quem quer viajar e conhecer outras formas de ver o mundo e de se aperfeiçoar dentro de sua formação, o programa é um facilitador.

Vale lembrar que as inscrições se encerram dia 11 de janeiro, portanto você precisa se apressar. Para mais informações sobre a candidatura, acesse o site oficial do programa, no endereço eletrônico www.europubhealth.org.

Sobre o Erasmus+, você pode consultar mais informações neste link www.estudarfora.org.br/bolsas-erasmus-mundus-levam-voce-para-a-europa. Existe ainda material de apoio para download, caso você queira ficar por dentro de todas as condições e benefícios do programa.

Se você conhece alguém que quer estudar fora do país, não se esqueça também de compartilhar esse texto nas suas redes sociais!

Por David Ferreira



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *