Enade 2016 – Prazo para Justificar Falta



     

Estudantes que se ausentaram no Enade 2016 têm até dia 31 de janeiro para regularizar situação.

Os estudantes que teriam de ter realizado o ENADE, o Exame Nacional de Desempenho de Estudantes no ano de 2016, que aconteceu no dia 20 de novembro deste ano, mas por algum motivo não compareceram à prova possuem até a data limite de 31 de janeiro de 2017 para que sua situação seja regularizada.

É necessário fazer a apresentação à instituição de ensino superior onde o mesmo estuda, uma justificativa do motivo da ausência. Se o pedido de regularização vier a ser aceito, o coordenador responsável pelo curso em questão terá de registrar a situação do estudante diante do sistema, no portal do Inep, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira.

Se o pedido não for acatado pela instituição de ensino, o aluno precisará realizar o pedido de dispensa direto ao Inep, entre os dias 8 e 22 de fevereiro de 2017. Em tal situação, será necessário apresentar o documento original e a cópia autenticada que comprove o motivo do estudante não poder ter realizado o Enade.

Questionário do Estudante

Fazer somente a avaliação não basta, é necessário também fazer o preenchimento de um questionário do aluno para não continuar irregular diante do Inep. O formulário estará a disposição do estudante no portal do instituto até o dia 22 de fevereiro de 2017.





Se o possível formando não preencher o instrumento, estará irregular e assim não terá como colar grau. É obrigatória a participação no exame, sendo registrada no histórico escolar. A finalidade da avaliação é avaliar o rendimento dos formandos dos cursos de nível superior em relação às habilidades, competências adquiridas durante o curso e o conteúdo programático.

Cursos envolvidos

As áreas que são avaliadas pelo Enade são determinadas de acordo com o ciclo de três anos do exame. No ano de 2016 os participantes foram os estudantes de biomedicina, agronomia, educação física, farmácia, enfermagem, fisioterapia, medicina, fonoaudiologia, medicina veterinária, odontologia, nutrição, zootecnia e serviço social. Sendo avaliados também os concluintes dos cursos tecnólogos em estética e cosmética, agronegócio, radiologia, gestão hospitalar e gestão ambiental.

FILIPE R SILVA



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *