UEG lançou uma nova plataforma de gestão de pós-graduação



     

Nova plataforma visa estabelecer melhorias e facilitar o dia a dia dos profissionais e dos estudantes.

A Universidade Estadual de Goiás (UEG) lançou uma plataforma nova de gestão de pós-graduação, a fim de estabelecer melhorias e facilitar o dia a dia dos profissionais e dos estudantes. O sistema poderá ser usado pelas equipes das especializações, em que as atividades já começaram no ano passado. Entretanto, os cursos mais antigos não serão incluídos na nova ferramenta, porque muitos já foram concluídos ou estão na fase final.

A nova plataforma apresenta várias vantagens como, por exemplo, a disponibilização dos arquivos bibliográficos. Por exemplo, com o tempo, os profissionais poderão criar arquivos com os conteúdos ministrados nas disciplinas e, para facilitar, os estudantes terão acesso ao conteúdo. A Instituição conta atualmente com 2.300 alunos matriculados nos 54 cursos de pós-graduação Latu Sensu, ministrados pela Instituição.

Além disso, o novo sistema online vai permitir o cadastro de projetos, as disciplinas ministradas por curso, carga horária de cada conteúdo, ementa, os profissionais responsáveis, entre outras informações relevantes. Os coordenadores devem fazer o cadastro na plataforma dos alunos aprovados nos processos seletivos, atualizar a bibliografia, lançar a frequência de cada um, o conteúdo programático, entre outros. Para facilitar e otimizar, a nova plataforma permite que os docentes tenham acesso às notas e frequências com mais facilidade, por meio da internet.





Na sociedade contemporânea, a tecnologia é uma grande aliada na melhoria e na otimização da rotina de vários profissionais. O uso de plataformas online pode ser ainda mais amplo e completo, por isso, é fundamental que os profissionais estudem e saibam gerenciar as ferramentas. É sabido que papel e caneta faz parte do cotidiano, mas a tecnologia esta cada vez mais presente no mercado.

Atualmente, muitas empresas investem em plataformas para gerenciar a sua rotina e a complexidade do seu trabalho como, por exemplo, a Universidade Estadual de Goiás. Além de facilitar, os sistemas contribuem para a tomada de decisão, ajuda na organização de dados dos profissionais, a conhecer os processos, além de auxiliar na administração do tempo da Instituição principalmente. Por exemplo, o professor pode lançar as notas dos alunos na ferramenta e rapidamente eles têm acesso à atualização no sistema. Assim, a ferramenta vai poder gerar dados quantitativos e qualitativos da especialização. 

Por Babi



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *